Como garantir um bom monitoramento de rede

Compartilhe:

Garantir que uma rede funcione corretamente é uma tarefa complexa e envolve algumas etapas. Uma delas é o monitoramento de rede, sendo uma das mais importantes quando se trata de segurança e desempenho.
Verificar continuamente a integridade dos sistemas e equipamentos presentes na infraestrutura de TI, é o caminho para manter os serviços com alta performance. Sendo assim, é fundamental possuir um sistema organizado e que forneça um bom monitoramento de toda a rede.
E pensando nisso, a axGlobal preparou este artigo, com dicas e estratégias para que o seu provedor de internet tenha uma rede estável, eficiente e rápida.

A base de um bom monitoramento

Quando o acompanhamento é feito corretamente, muitos problemas e falhas são detectadas precocemente, evitando que os serviços fiquem indisponíveis.
Além disso, todo esse processo gera otimização no uso de equipamentos, o que é um fator bastante positivo para provedores de internet.
Ter boas ferramentas de monitoramento é parte importante do processo, entretanto, não é o fator mais significativo. O mais importante deles é o planejamento e execução de acordo com o mesmo, uma vez definidas as fraquezas e forças da infraestrutura utilizada.

Passos necessários

Através de um plano de gestão bem elaborado, a equipe poderá avaliar cada ponto necessário para o funcionamento correto da rede. Para isso, é necessário que os técnicos saibam quais são os equipamentos e sistemas utilizados pela empresa, sendo assim, monte um inventário e mantenha-o atualizado.
Após essa fase chega o momento da configuração, no qual os parâmetros de IP, firewall e DNS devem ser modificados para que o envio e recebimento de informações ocorra da melhor forma possível. Essa tarefa demanda bastante tempo, entretanto, vale a pena realizá-la minuciosamente, já que ela evita vários problemas de longo prazo.
Quando toda a rede estiver configurada, é preciso estabelecer um padrão de funcionamento para cada equipamento. Essa ação ajudará a sua equipe a identificarem os pontos que precisam ser aprimorados, levantando quais são suas vulnerabilidades.

Outros pontos importantes são:

  • Garantir uma conexão segura para todos os dispositivos dentro da empresa;
  • Esteja preparado para ampliar a sua rede sempre que necessário e evite perdas e
    congestionamento de tráfego;
  • Utilizar ferramentas de análise em tempo real;h
  • Ter rotinas de prevenção de falhas.

Com todo esse processo, o provedor garante uma conexão mais estável e rápida, através
da identificação de eventos que possam interferir nas configurações estabelecidas ou no
fluxo de dados.
E você, quais táticas de gerenciamento utiliza no seu provedor de internet? Tem alguma
sugestão de tema? Deixe nos comentários! E para mais artigos sobre gestão, clique aqui.

...